12 outubro 2008

Carente ..Quero Colo..

Eu não posso saber como é estar morta
Mas o que é estar viva e nada sentir?

_________ sente-se
(sim)

Sinto a exaustão de acordar
sem nunca descansar
Sinto o sil^ncio a engolir
meio mundo de ESPERAnças
e as palavras a devorarem-se-me a

s-a-n-i-d-a-d-e

Sinto a lágrima ensanguentada
presa nalgum vórtice interior e a

i-m-p-o-s-s-i-b-i-l-i-d-a-d-e

De clarear seja o que for
Sinto que não sei falar
oQ-Sinto E..Sinto que não sei sentir
Sinto muito coisa

Ahhhhhhh,

(Eu) Sinto Tanto

[E o desespero é o começo da calma]

Depois do (fim..)



_______Tatyana
essa moça trazuz
todos meus sentimentos
obrigada moça adoro-te....

Um comentário:

Elton Sipião O Anjo das Letras. disse...

Tu eras essa mulher com suas angustias profundas,mas eras assim porque também significvas um oceano de complexidade,onde a sensibilidade,beleza,inteligencia,cultura e a essência de uma grande alma feminina se encontravam. Saudades de ti, e muita saudades até hoje,minha Sandrinha, minha menina-mulher.