19 outubro 2008

HERÓI DE INFÂNCIA..[Meu Pai]

Criei na minha memÓria
Uma figura interessante

(...)

Ausente presente Sempre Meu Pai..te respeito
Por tudo E por nada do que me fizestes
Te respeito pelo que me ensinastes sim foi tua ausência
Q-me ensinou a ser quem hoje sou

Foi dentro da minha solidão
foi correndo no Escuro sozinha
que perdi meu medo de cair.
Aprendi que quanto mais vc cai
mais vc aprende sobre o caminho.

Foi chorando sozinha, que aprendi
Que eu não tinha que me
esconder pra chorar
Aprendi que emoções vc não tem que esconder.
elas constroem sua personalidade.
Não me recordo de nenhum carinho dado por ti,

Desde que nasci
Não tenho lembranças,
nunca tive teu colo
consciente ou inconscientemente

(insensivelmente)

o procurei por ai foi onde me perdi.
Procurei por proteção e
Aprendi que somos
Sozinhos Nascemos e morremos só.

"Quando vc olha por muito
tempo o Abismo ele olha pra vc"

E foi Olhando pro Abismo que
percebi que a beleza está
onde menos se espera

"A flor de Lotus nasce da lama"

As paredes rochosas e escorregadias
dos abismos que escalei me mostraram
que é somente dentro do desepero
que vc descobre os valores reais.

É no Abandono no desapego
Q-vc entra em contato com o Todo..
É no vazio que cabe o infinito onde
o espaço entra em fusão e trasmuta-se
em presença a força do sentir

A ausência é branca
- Quaze Paz

(...)

Sempre esteve em mim,
vc faz parte do meu caminho
Hoje quando te li tive a certeza.
De onde vieram essas emoções
tão profundas tão vitais
que rasgam minha alma
quando escrevo.

Hoje vi Que a dores que sempre
achei que eram só minhas foram
Alquimia na sua vida.

E sabe?

me Orgulhei tanto de você. .

Amei a pessoa
Que vc se tornou um belo homem um Nobre

*ser.. Ahhhh!!!

Os fantasmas eles ainda me
atormentam aprisionados
no sótao da minha memória
nas páginas em branco do que não vivemos..
Eles são os ecos que ouço minhas
insegurança mostrando que
eu ainda sou aquela criança.

"Que um dia morrendo de medo, tomaram de vc"

A solidão é feita de ausências esses
momentos são como teias de
aranha numa zona límiar entre
a vida e a morte.

Caminhei muito por ai sem rumo
á procura de um sentido perdido
tentando crescer,
Mas como crescer sem carinho,
vivi de migalhas de afetos,
morri um pouco a cada dia dos Pais.

Mas Eu, sobrevivi.
Os fortes sempre sobrevivem
Paguei o preço, nunca aprendi a amar.
Eu queria que você fosse meu herói!

Mas minha mãe me contou cedo
que heróis nao existem.
Foi o Que ela me ensinou,
mas como nunca tive um Pai,
fui uma menina má, e desobediente..

Nunca deixei de Acreditar em

(heróis).

Hoje sei Que não errei.
pois vc é o meu Herói Pai.

Aqui no presente os "heróis"
são aqueles que tornam
mágica uma vida que não se pode suportar!

- - Lá Longe no passado,
tudo tem uma razão de ser,
se fosse tudo bom, como é que
nos tornariamos melhores?

Há quem diga que não há nada
no mundo, nem recompensa,
nem castigo, o que há são as
consequências dos nossos atos.

Creio nisso nas consequências,
e quem podera julgar os Atos?
Oras, não estamos aqui pra julgar
e sim pra Entender essa é a verdadeira
Alquimia. A vida é uma tragédia
e faz-me pensar no valor da morte,
com o respeito sentido.

Lá longe no horizonte, a morte,
não tem pressa para nada,
pois sabe que tudo vem ao
seu encontro no seu devido tempo...
mas mesmo assim nunca pára.

O segredo dela talvez seja ,
ser esse o único caminho possível.
o resto sao impossibilidades, que
por teimosia tornamos possivel.

Lá longe, no passado fizemos escolhas,
e nossas vidas são consequências delas.
É preciso aceitar e seguirmos livres
pela estrada da evoluçao pois lá
longe no horizonte existe um
Arco iris e sim vc precisa ver...
Que, ainda a tempo para um pedido.

"Vem brincar de vovô com meus filhos".

Aqui no presente os "heróis"
são aqueles que tornam
mágica uma vida que não
se pode suportar!

[desconheço o autor]

Pai Te Amo....mesmo que vc esteja aí
no céu onde acredito olhando por min
sempre Te amei e vou continuar
Te amando

Meu Pai: Antonio Carlos Ferro
*30/03/1947
t 12/04/1986
SAUDADES



...

2 comentários:

TempestadE... ﻉﻲﻳﺓﻐ disse...

Não importam os atos ou, os fatos. O que importa mesmo é o amor q sentimos,e as lembranças boas que ficam.Ahh..tem ruins tbém?? Esqueça-as. :))
bjos e ótima semana.

Anônimo disse...

Nao gostei depois dr ter homens lindos. sao mlheres orriveis